segunda-feira, junho 08, 2020

INOPORTUNA E TEMERÁRIA


CONTO CURTO (Para ler duas vezes)
Extraído do Livro CONTOS CURTOS - DES-CONTOS, Editora: CLUBE DE AUTORES

INOPORTUNA E TEMERÁRIA

As duas quando estão juntas as intimidades são devassadas e ambulam de boca em boca disputadas pela curiosidade alheia.

Sob sua influência aquela pessoa era impelida a falar e agir irrefletidamente, sem acerto nem responsabilidade.

Ela, imperativamente, obrigava a outra a falar em excesso, expondo, prematuramente, projetos e propósitos.

Esse comportamento imprudente não lhe agradava e por mais esforço que fazia para
fugir disso, sentia-se incapaz e sem forças para tal.

Essa convivência a estava prejudicando em suas atividades diárias, principalmente, em seu trabalho e relações com os semelhantes.

Decididamente, para preservar sua moral e pudor teria que por um fim àquele relacionamento nada saudável.

A atitude inoportuna da «amiga» não contribuía de forma alguma para o cultivo da
fidelidade, imprescindível a uma convivência salutar.

Compreendeu que se não desse um basta àquela permissibilidade perderia irreversivelmente o controle de seu foro íntimo.

Sim, estamos falando daquela que leva ao que a acolhe, a exteriorizar inveteradamente o que pertence ao âmbito privado, fazendo-o «viver fora de si mesmo». Seu nome é indiscrição.

______________________


quarta-feira, junho 03, 2020

O PENSAMENTO DE DEUS



O PENSAMENTO DE DEUS

Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas

_____________________Sumário_______________________
1.Preâmbulo; 2.A Perfeição Humana; 3.O Pensamento de Deus; 4.A Imagem de Deus;5.Conclusão.

PREÂMBULO

Dois conceitos se evidenciam, o do ser humano e o de Deus. Esses conceitos se encontram na cultura vigente bastante deturpados. O ser humano para a ciência oficial é um animal racional, incluído no terceiro reino. Do ponto de vista religioso ele é pó e a ele retornará.

Qual é o meu conceito do homem?

Qual o meu conceito de Deus?

O homem pertencente ao quarto reino, o hominal, porque é dotado de um espírito que o anima, diferençando-o, substancialmente do animal. O homem é um ser pensante com a prerrogativa de exercício consciente do poder de criar.

A PERFEIÇÃO HUMANA

Eu me perguntava: o homem é perfeito? Aprendi que na acepção original, na mente do Criador, ele é perfeito. Entretanto, lhe foi conferida a prerrogativa de tomar consciência dessa perfeição ´por meio do aperfeiçoamento, nos planos psicológico, mental e espiritual.

Sou incompleto e irei me completando ao me esforçar em me aproximar da imagem ideal, concebida por Deus. E, na convivência com os demais vou formando a minha imagem, corrigindo os erros e praticando acertos. Cada um de nós tem algo que pode oferecer aos demais, porque o que a uns falta outros tem. Eu, então, me completo nessa convivência.

E, para que esse aperfeiçoamento aconteça, se realize, preciso seguir a vontade de Deus, o seu pensamento, estampado na Criação.

O PENSAMENTO DE DEUS

Como se manifesta o pensamento de Deus aos homens?

Deus se expressa ao homem por meio de suas leis e também, por meio da conduta boa e elevada que observo no meu semelhante. Ao ouvir o conselho de alguém que me quer ajudar. Ao receber um bem, vejo nesse bem expresso o pensamento de Deus. Deus se pronuncia no bem, na virtude.

Meu corpo, por exemplo, é perfeito e funciona sem a interferência de minha vontade. Mas se o encher de líquido, em flagrante excesso, sofro as consequências. Se ingiro um alimento estragado, também, sofro com isso. Deus aí se está pronunciando, mostrando-me que meu corpo não foi feito para encher de bebida e nem fazer uso de alimentos inadequados.

Em virtude desses simples exemplos vejo Deus e percebo o seu pensamento em minhas atividades do dia a dia. Ele não é aquela figura distante e etérea. É real e concreta, embora transcendente.

Ao ingerir um alimento pesado estando o meu estômago debilitado, Deus se manifesta nas consequências desse ato. Acontecendo igual coisa se quero adquirir um conhecimento sem me preparar para recebê-lo. São advertências que expressam o pensamento de Deus.
A IMAGEM DE DEUS

Cultivando o sentimento panteísta (ver Deus em tudo), ou seja, ver Deus na Criação, na Natureza, nas manifestações nobres e altruístas do ser humano, vou formando uma imagem ampla do Criador.

A sua imagem é inabarcável. Ele não pode ser inserido numa estátua, num país e nem no Universo.

Devo confiar em Deus, nas grandes coisas e confiar em mim, nas pequenas, pois Deus me dotou de todas as condições para que eu possa conduzir minha vida e ser o dono de meu destino.

Não devo pedir nada a Deus, pois ele já me deu tudo. Devo, isto sim, oferecer e ofertar a Deus as minhas conquistas e vitórias e recordar-me Dele nos momentos de júbilo e alegria.

CONCLUSÃO

Há expressões que convidam a não pensar e que dizem: “Que Deus me ajude!” ou aquela: “Não pense muito que Deus te ajudará”. Melhor ter em mente aquela máxima muito velha que diz: “AJUDA-TE E DEUS TE AJUDARÁ!”

Pois, no momento em que cada um é capaz de se ajudar, certamente, nessa ajuda está implícita a ajuda de Deus.